segunda-feira, 30 de setembro de 2013

5 filmes famosos que você provavelmente não sabia que são plágios

Já falei aqui sobre plágios nos quadrinhos, o que gerou alguma controvérsia. Dessa vez decidi falar sobre outros tipos de plágios, um pouco mais comuns, que são aqueles que acontecem em filmes. É muito normal a gente ver por aí cópias de filmes famosos, que é claro, não fazem sucesso nenhum. Mas e se for o contrário? E se você descobrir que filmes super famosos são plágios de outros que ficaram esquecidos. Você não vai acreditar no que vai ver.

Toy Story


O enredo é o seguinte. Brinquedos ganham vida quando seu dono vira as costas. Certo dia, o brinquedo favorito fica desesperado com a possibilidade de perder seu posto quando o dono ganha um brinquedo espacial mais modernoso. Provavelmente você pensou que eu estava falando de Toy Story né? Mas na verdade eu estou falando mesmo é de The Christmas Toy, um especial de TV de 1986. Aqui a gente só troca o famoso cowboy Woody por um tigre de pelúcia chamado Rugby e o Patrulheiro espacial Buzz Lightyear por Meteora, a Rainha dos asteróides. Ah, vocês se lembram daquele Urso que usava uma bengala e era o líder dos brinquedos em Toy Story 3? Pois é, no The Christmas Toy, também tinha um urso que usava bengala e era líder dos brinquedos. Coisa feia em Pixar? Nem creditou o original!





Monstros SA


Talvez a Pixar goste mesmo de fazer remakes “não oficiais”. Você já ouviu falar em Little Monsters? Provavelmente não né? E é aí que a Pixar vê a oportunidade de roubar uma história. Little Monsters, de 1989, tem praticamente a mesma história de Monstros SA, com algumas sutis diferenças. Em Little Monsters também temos uma organização de monstros especializados em assustar crianças, só que aqui eles saem de debaixo da cama, e não do armário. Enquanto em Monstros SA temos aquele monte de portas no mundo dos monstros que levam aos armários das crianças, em Little Monsters temos milhares de escadas que levam diretamente para debaixo das camas das crianças. O monstro principal de Little monsters, que começa a achar errado essa parada toda de assustar as “quiança” chama-se Maurice, e nada mais é do que uma versão humana e de baixo orçamento do Sulley.




Cães de Aluguel


Sabe aquele filme de uns caras que se juntam pra fazer um grande roubo a mando de um mafioso mais velho, aí durante o roubo, o alarme é disparado e um dos assaltantes se descontrola e mata os funcionários, gerando um impasse entre o grupo de assaltantes que acaba num grande massacre? Pois é, eu estou falando de “Cidade em chamas”, um filme chinês de 1987, e não de Cães de aluguel, como você deve ter pensado. Tá certo que Quentin Tarantino usa muitas referências de filmes orientais, mas aqui ele copiou a história inteira na maior cara de pau! O cara só trocou os personagens mesmo, pois o resto tudo é a mesma coisa, trocando apenas as partes daqueles diálogos sobre cultura pop de “Cães de Aluguel”. Uma curiosidade é que Tarantino dedicou o roteiro de Cães da aluguel a Chow Yun-Fat, que interpretava um dos papéis principais em “Cidade em chamas”.


Matrix


O que você faria se descobrisse que o mundo em que você vive é uma ilusão, e que o mundo real é na verdade controlado por uma consciência não humana? Aí do nada surge um carecão, com óculos redondos e te fala que você é o escolhido e que pode dar um fim em tudo isso? Eu estou falando de The Invisibles, uma série em quadrinhos criada por Grant Morrison em 1994. Os criadores de Matrix nunca reconheceram a cópia descarada. Grant Morrison em uma entrevista disse que “foi dito por pessoas no set de filmagens que The Invisibles foi usado para referência visual” e mais tarde perguntado sobre as duas seqüencias de Matrix, Morrison apenas disse “Deveriam ter mantido a idéia roubada de mim!”



Indiana Jones e Os caçadores da arca perdida



Steven Spielberg e George Lucas nunca negaram que se inspiraram em séries dos anos 30 e 40 para criar a franquia Indiana Jones. Afinal Indiana Jones foi um personagem único e original. Será mesmo? No filme pouco conhecido de 1954, O Segredo dos Incas, Charlton Heston incorporava o aventureiro Harry Steele, que se parece com o nosso querido Indiana Jones em todos os detalhes. Em uma entrevista, a figurinista de Os caçadores da arca perdida, assume que a equipe assitiu diversas vezes O Segredo dos Incas para criar o visual de Indiana Jones e ainda se diz surpresa por Spielberg e Lucas não terem creditado isso. Mas as semelhanças não ficam só no visual, tendo em vista que a história do filme também é quase toda chupada de O segredo dos Incas. Mas aí fica a pergunta, por que ninguém se manifestou sobre isso? Porque os dois filmes são da Paramount, que vendo o sucesso imenso de Indiana Jones, preferiu deixar O Segredo dos Incas esquecido no limbo dos filmes que não deram tão certo assim. 


Curtiu a matéria? Deixe seu comentário, e não se esqueça de curtir também a nossa Página no Facebook!


Nenhum comentário:

Postar um comentário