quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

As batalhas contra chefes mais épicas na história dos games

Todo gamer que se preze ama aqueles momentos onde temos que enfrentar um grande chefe, pois é aí que o desafio se torna mais tenso. Na maioria dos jogos, acabamos nos decepcionando, pois os chefes não condizem com a dificuldade do jogo e resumem-se apenas a um inimigo normal com mais força e vida do que o normal. O destaque fica mesmo naquelas batalhas que ficam realmente guardadas na memória e que nos fazem sentir mais poderosos quando derrotamos um chefe digno de nosso esforço.


Cronos – God of War 3

God of war é uma franquia conhecida por profaner de todas as maneiras possíveis a mitologia grega. No entanto também é conhecida por suas batalhas memoráveis contra os chefões. Em God of War 3 chegamos ao clímax dessas batalhas ao enfrentar Cronos, o gigantesco titã, pai de Zeus. A batalha é simplesmente incrível e o poder gráfico do PS3 nos proporcionou um momento único em God of War.


Majora’s Mask – The Legend of Zelda: Majora’s Mask

Não resta dúvida entre os entusiastas dessa franquia de que Majora’s Mask é uma experiência única no mundo de The Legend of Zelda. Um jogo sombrio que trata de assuntos polêmicos como genocídio e amizade. É lógico que para um jogo único, teríamos que ter um chefão único, que trata-se de Majora’s Mask, que dá nome ao game. O jogo inteiro é um grande desafio, mas Majora’s Mask se tornará um oponente a altura da dificuldade do game, assumindo 3 formas diferentes durante a batalha, fora que você ainda tem que lidar com as máscaras de todos os chefes anteriores durante a batalha final.

Eely Mouth – Super Mario Sunshine

Uma das batalhas mais originais contra um chefão é essa aqui. A Nintendo conseguiu transformar a simples tarefa de escovar os dentes em uma batalha épica. Na área de Noki Bay da ilha de Delfino, a gengivite da pobre criatura está poluindo as águas, resultando em Mario ter que vestir um traje de mergulho e viajar para sua boca. As dores de de dente de Eely Mouth durante o processo fazem a criatura atacar Mario de forma não intencional, mastigando ou engolindo o bigodudo. Sensacional!

Mr. Freeze – Batman: Arkham City

Em 2009 , o estúdio britânico relativamente desconhecido chamado RockSteady pegou um dos símbolos mais emblemáticos do mundo e deu-lhe um jogo aclamado com o maior super-herói de todos os tempos . Na verdade , Batman : Arkham Asylum provou ser incrível , não só pela história, mas também  sua jogabilidade. O único problema de Arkham Asylum eram os chefes, que em sua maioria eram repetitivos e fáceis de vencer. Na sequencia, intitulada Arkham City, deram uma atenção especial aos chefes e Mr. Freeze se destacou. A batalha contra Mr. Freeze foi uma das melhores do jogo, pois o vilão aprendia com seus erros e a dificuldade durante a luta crescia a cada momento. Parece que não foi só Mr. Freeze que aprendeu com os erros né?

Psycho Mantis – Metal Gear Solid

Snake encontra muitos chefes únicos na história maravilhosamente escrita de Metal Gear Solid, mas o desafio mais notável do jogo vem na forma de Psycho Mantis, um médium que praticamente lê a mente do jogador, passando pelo cartão de memória do jogo e revertendo os controles. Esta batalha é realmente muito épica e vai fazer você passar um bom tempo tentando achar a solução para derrotar o vilão. Lugar mais do que merecido nessa lista!

Big Daddies – Bioshock

Big Daddies são únicos e não apenas pela razão de que eles são tremendamente poderosos, mas pelos traços emocionais presentes neles . Estes homens, enxertados em trajes de mergulho, na verdade são seres pacíficos que só mostram sinais de agressão, se você vir um pouco perto demais de suas meninas (ou atacá-los de sua própria vontade ). Ele realmente tem todo o instinto maternal a um nível totalmente novo, e eu quero dizer que, eles apresentam algumas das lutas mais duras que você vai ter que passar em Rapture. Eles vão fazer o que for preciso para proteger suas meninas.

Todos os Colossi – Shadow of the Colossus


Shadow of the Colossus é um dos jogos mais lindos que já joguei até hoje. Uma história intrigante e sensacional. Os Colossi, que são 16 no total, na verdade são os únicos inimigos do jogo, mas cada batalha é incrivelmente memorável. Para encontrar o inimigo, cavalgaremos milhas, passando por lugares inóspitos que te dão uma estranha sensação de solidão. Ao chegarmos em nosso inimigo não temos que ir simplesmente dando golpes neles, que são verdadeiros quebra cabeças de vários metros de altura. Cada luta é única nesse jogo que com certeza merece o primeiro lugar dessa lista!

Espero que tenham gostado! O Não Kibo sente informar que essa é a última postagem do blog. Apesar de muitos pedidos feitos aqui no blog para que curtissem nossa Fanpage, não obtive muita colaboração dos leitores. Agradeço a todos que curtiram a Fanpage e se mantiveram fiéis até o fim. Agradeço também aos agregadores Linkirado, Aglomerando, A toa na Net, Eu te Salvo, Geralinks e Chiquinha Absurda que foram de grande importância nessa pequena jornada. A página não sairá do ar, por isso quando quiserem dar uma revisitada fiquem a vontade. Um grande abraço a todos vocês!



2 comentários:

  1. Volta cara você escreve bem pra caramba

    ResponderExcluir
  2. Cara na boa vc devia voltar,mas em relação a esse post só discordo do Majora’s Mask, e poderia ter posto a luta final com o Ganon do Ocarina of time.Vc arrebenta nos posts volto a dizer q deveria voltar.

    ResponderExcluir