terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Avanços médicos e tecnológicos que te farão viver mais de 1000 anos

Em 1974 , Gene Wilder , interpretando Dr. Frederick Frankenstein, gritou em um tom irritado com um jovem estudante de medicina , " Corações e rins são brinquedos de funileiro ! Eu estou falando sobre o sistema nervoso central!” Desde que surgiu a  ficção científica, tem havido especulação sobre uma vida mais longa. Aqui estão as tecnologias e os avanços da medicina que realmente estão sendo discutidos ou trabalhados, que poderiam um dia permitir que as pessoas vivam mil anos de idade.

Próteses Neurais

Próteses Neurais são implantes colocados sobre um nervo ou no sistema nervoso central, a fim de substituir a mobilidade perdida por acidente ou doença.Próteses neurais poderiam não apenas um dia permitir que pessoas com membros perdidos possam ter de volta os membros, mas também pode servir como um diretório de peças de reposição para a maioria das funções do corpo humano. Em suma, próteses neurais podem, um dia, nos dar a mão de Luke Skywalker, o corpo do Robocop , ou partes cibernéticas do Cyborg .


Interface Cérebro-Computador

Lembra-se em Matrix , quando Neo colocou aquela super agulha na parte de trás do seu pescoço que lhe ensinou kung -fu ? Bem-vindo ao mundo excitante de interfaces cérebro-computador . Isso é uma coisa real e vai realmente fazer você dizer "uau". Uma interface cérebro-computador é uma ligação direta entre uma máquina de fora , e um processo neurológico dentro do cérebro ou terminação nervosa em si .Em suma, uma interface cérebro-computador pode interagir com uma função neural existente para restaurar as capacidades cognitivas e funções. A ciência está cada vez mais perto de ser capaz de restaurar as funções. No entanto, por que diabos você iria parar em restaurar, quando o próximo passo lógico seria melhorar o que já existe ? Interfaces cérebro-computador , não só têm a chave para reparar funções danificadas, mas também para reforçar as já existentes. Isso sim é evolução.

Reparo do DNA

As pessoas podem pensar que o DNA é como um conjunto empoeirado de plantas. O DNA está lá quando você nasce, e não quando você morre. No entanto, o DNA é muito mais do que isso. O DNA pode atuar dentro de um computador dirigindo o desenvolvimento de células, bem como a reparação de danos na mesma.Resumindo, a chave para a vida de longa duração, repousa em grande parte na capacidade do DNA de se adaptar e, sim, sofrer mutações para lidar com perdas e danos. Por exemplo, o câncer é um colapso da capacidade do DNA de se reparar , bem como uma mutação . A chave, na verdade, está em saber o suficiente sobre o DNA para descobrir como alavancar nosso processo natural em níveis otimizados. Em essência, o DNA é como um motor de carro. Com umas tunadas e mudanças regulares, não há razão para não acreditar que o corpo é capaz de restaurar-se ao infinito. Claro, uma vez que descobrir como restaurar a capacidade de reparo do DNA, então Wolverine será apenas mais um cara com um corte de cabelo estranho.

Enzimas Antienvelhecimento

Quanto mais se estuda o envelhecimento, mais parece que ele deve ser tratado como uma doença. Até este ponto, o envelhecimento não parece ser um processo tão natural quanto se poderia pensar. Em vez disso, o envelhecimento é um ataque a nossos processos existentes. Os efeitos do envelhecimento começam a ser rastreados para enzimas específicas. Se essas enzimas podem ser reparadas, depois da restauração da sua funcionalidade natural, podemos eliminar a necessidade de envelhecimento completamente. Assim, as enzimas antienvelhecimento têm a chave . Um estudo , concluído em 2007 , descobriu que duas enzimas ( SIRT3 e SIRT4 ) , desempenham um papel fundamental na divisão mitocondrial de células. A perda da capacidade das células para se dividir, e reproduzir, levam a muitos dos efeitos que nos referimos como " envelhecimento " . Estas duas enzimas funcionam como "baterias de células . " Como estas baterias , e a produção destas enzimas diminuem , então temos muitos dos efeitos do envelhecimento . Se a ciência é capaz de restaurar a capacidade de produzir, ou a funcionalidade das enzimas no organismo humano, então, novamente não há nenhuma razão para que os efeitos naturais do envelhecimento não possam ser interrompidos ou, em última instância, revertidos. Estes dois genes estão agora sendo usados para produzir drogas, para abrandar e possivelmente parar os efeitos do envelhecimento completamente. A capacidade de prolongar a vida , estudando SIRT3 e SIRT4 são óbvias . A única esperança que tenho é que as drogas venham na forma de uma piscina onde você vai se banhar e rejuvenescer, tipo o Poço de Lázaro do Ra’s Al Ghul.



Órgãos Artificiais


Os avanços em órgãos artificiais , ao longo dos anos , têm sido particularmente marcantes.É claro que, por enquanto, órgãos artificiais são apenas uma medida paliativa, até que doadores de órgãos possam ser encontrados. No entanto, como está tudo avançando rapidamente, não há nenhuma razão para que , um dia, você possa viver normalmente com órgãos artificiais ou até mesmo órgãos impressos em impressoras 3D.


Download de consciência

Você será um dia (de acordo com alguns cientistas ) capaz de se tornar seu próprio " fantasma na máquina”.  Basicamente , um computador com todas as informações sobre você, bem como a inteligência artificial, que permitem que você "viva" no computador durante mil anos ou mais. A afirmação é feita pelo cientista Ian Pearson , e ele está desenvolvendo modelos de computador para isso enquanto eu escrevo . Então , em 2050, se você fizer isso, você poderá ter sua própria " alma de silicone " . Esperemos que ela funcione melhor do que o modelo Bruce Wayne / Batman mostrado abaixo.


Animação suspensa


Um dos principais problemas com a imortalidade é que invulnerabilidade não é parte do negócio . As balas , facas, granadas de mão e bombas ainda tem um efeito. Há também algumas partes do mundo onde essas coisas são consideradas parte da vida cotidiana. Estatisticamente, as mortes no campo de batalha ocorrem mais frequentemente quando a equipe médica não pode chegar ao paciente dentro da primeira hora. Isso é conhecido como a "hora de ouro” . A questão torna-se então, " o que poderia pressionar o botão de pausa? "Essa é exatamente a pergunta que a Defense Advanced Research Projects Agency e A & M Institute For Preclinical Studies,do Texas, estão trabalhando agora. Embora o estudo inicial seja focada em esquilos, a tentativa agora é colocar os porcos para hibernar. Sim, um " porco zumbi" pode um dia ser a chave para começar o tratamento de soldados durante a " hora de ouro ".


Valeu por mais um dia junto com a gente! Não deixe de mandar suas sugestões e comentários para que o blog continue trazendo matérias interessantes pra você! Curta também nossa página no Facebook clicando AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário