quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

5 filmes que as celebridades não querem que você veja

Fala galera! Estamos de volta para mais um post sobre filmes. Lembra daquele Star Wars Holiday Special, que George Lucas praticamente implorou pra ninguém assistir? Pois é, o fato é que existem dezenas de filmes que foram jogados no limbo pelos próprios astros principais, por medo de virarem motivo de piada. E é justamente pra isso que estamos aqui hoje. Vamos lá...

Texas Chainsaw massacre – The Next Generation (1994)


Este filme era pra ser uma sequencia de Texas Chainsaw Massacre III, e seu nome original era “The Return of Texas Chainsaw Massacre”. O filme foi lançado em pouquíssimos cinemas e retirado das salas em tempo recorde. O motivo? Bom, os protagonistas desse filme eram nada menos do que Matthew McConaughey e Renée Zellweger, sim, aqueles dois queridinhos de Hollywood mesmo. Com medo de estragar a imagem dos dois, a Columbia Pictures tirou o filme dos cinemas e lançou uma versão editada diretamente em DVD. Na época, McConaughey estrearia Amistad e Renée, o filme Jerry Maguire, por isso não queria ser vistos num filme podre desses. Pois é, agora vocês já sabem.



Don’s Plum (1995)


Don’s Plum é um filme estrelado por dois dos maiores atores americanos (em bilheteria) de todos os tempos, Leonardo DiCaprio e Tobey Maguire - e por causa de uma ação judicial movida pelos próprios, nunca pôde ser lançado nos EUA. DiCaprio e Maguire afirmam que fizeram o filme como um favor para um amigo, mas nunca realmente pretendiam que fosse visto : eles concordaram em deixá-lo ser mostrado em festivais de cinema e outras coisas, presumivelmente sob o entendimento de que ninguém vai nessas porcarias mesmo. No entanto, depois que Titanic saiu e fez quantidades obscenas de dinheiro, o diretor começou a se reunir com os distribuidores. DiCaprio, Maguire e outros atores que aparecem no filme tentaram ( de forma ilegal , de acordo com o diretor) bloquear o lançamento nacional do filme.Neste ponto Don’s Plum tornou-se uma espécie de lenda em Hollywood : o que exatamente tinha nele que os atores não queriam que a América visse? Mas, apesar de ser proibido nos EUA, o filme saiu na Europa, e não é tão controverso quanto todos pensavam (ou esperavam que fosse ) . Acontece que o papel de DiCaprio consiste dele sentado em uma cabine de jantar por 90 minutos , sendo um grande idiota.É sobre um grupo de amigos se reunindo em um lugar chamado Don’s Plum e falando sobre sexo e drogas. Nossa, que polêmico!


Kiss Meets the Phantom of the Park ( 1978)


 Durante anos, ninguém que trabalha para a banda Kiss foi permitido sequer pronunciar o nome de seu primeiro e único longa-metragem, Kiss Meets the Phantom of the Park. Sério! Então, por que eles fizeram esse filme? O motivo, chocante , é dinheiro. No final dos anos 70 , o Kiss tinha atingido o auge de sua popularidade e seu agente achava que essa coisa toda de "música" deles já tinha faturado tudo que podia. Assim, a banda começou a se aventurar em outros meios de comunicação, começando com uma ridícula revista da Marvel onde tinham superpoderes. Em seguida, foi a vez de o próximo passo em seu plano: um filme de alguma forma, ainda mais estúpido, onde eles lutam contra robôs do mal em um parque de diversões. Ah sim, e eles tinham poderes também. Gene Simmons podia cuspir fogo, Paul Stanley podia atirar lasers de seus olhos e controlar mentes, Ace Frehley também podia disparar lasers e se teletransportar e Peter Criss tinha, bom, ele “saltava poderes” podemos dizer.


The Beatles - Let It Be : o filme (1970)


Cada filme feito pelos Beatles foi lançado e remontado várias vezes - com exceção do filme em questão, Let it Be. Em 2008 , planejaram finalmente lançar Let It Be em DVD, mas foram bloqueados por Paul McCartney e Ringo Starr. O documentário mostra os Beatles trabalhando no álbum de mesmo nome, que viria a ser o último. Mesmo que seja editado de tal forma que evite mostrar que a banda estava prestes a quebrar, o constrangimento é ainda bastante óbvio: em um ponto, logo após uma discussão entre McCartney e George Harrison, há uma canção em que Harrison não está presente. Isso porque ele realmente deixou a banda por alguns dias, e só concordou em retornar uma vez que foi autorizado a trazer o seu amigo Billy Preston junto. No filme, Preston simplesmente aparece do nada de uma cena para a outra e ninguém percebe o fato de que há, de repente cinco Beatles, por algum motivo. Enquanto isso, John Lennon está completamente desinteressado em qualquer coisa que o resto dos caras dizem, enquanto Yoko Ono misteriosamente paira em torno dele em literalmente todas as cenas de estúdio. Ninguém (exceto Lennon) percebe a presença dela também. Let It Be inclui a metragem histórica do concerto dos Beatles realizado no último andar de um edifício em Londres, sua primeira apresentação ao vivo nos últimos anos, assim como a última vez. No entanto, pelo fato de incluir um monte de brigas mesquinhas, Paul e Ringo provavelmente não vão permitir que ele seja liberado, desde que eles estejam vivos.


I Can Do It ... 'Til I Need Glasses ? (1977)



I Can Do It ... 'Til I Need Glasses ? foi uma série de esquetes de comédia desconectadas de natureza vagamente sexual. É também o único filme tão ruim que até mesmo Robin Williams tem vergonha dele. Williams, no que teria sido sua estréia no cinema , disparou duas esquetes curtas que acabaram sendo cortadas do filme , presumivelmente porque não tinham o nível de qualidade de uma outra esquete onde uma cobra morde o bilau do Cavaleiro Solitário e Tonto se nega a chupar o veneno. Um par de anos mais tarde , Williams era um superstar , e de repente suas esquetes de merda eram boas o suficiente para ser colocadas de volta no filme . Logo antes do filme Popeye, estrelado por Williams sair, I Can Do It ... 'Til I Need Glasses ?... foi relançado com um plano de marketing um pouco diferente. Eles colocaram o nome de Williams no topo de todos os cartazes e fizeram novos trailers para mostrar que ele aparecia no filme. A duração total da parte de Williams? Menos de dois minutos. Uma das cenas de Williams pode ser vista abaixo. Essa é a piada, por sinal. As esquetes de Williams não são muito escandalosas, mas o resto do filme inclui nudez frontal completa, piadas de baixo calão e coisas do gênero. Williams (que tinha vindo a cultivar uma imagem familiar com Mork & Mindy e Popeye ) processou os produtores para ter suas cenas retiradas do filme de novo, e é por isso que na verdade existem três cortes ligeiramente diferentes do mesmo filme de baixa qualidade.
Oh, sim! E é claro...




Curtiu a matéria? Saiba que o blog Não Kibo tenta trazer pra vocês as curiosidades mais inusitadas, que você provavelmente não encontrará em outros blogs! Por isso para que fiquem sempre por dentro dessas curiosidades, eu peço apenas que curtam nossa Fanpage, para que o blog continue sempre crescendo e trazendo matérias cada vez melhores para vocês! É só clicar AQUI. Desde já agradeço! Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário