segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Por um mundo melhor!





Vejo o mundo decaindo. É triste ver como as pessoas estão se imbecilizando cada vez mais. Antigamente tudo era bem mais interessante. Quando eu tinha 15 anos, em meados de 1985, tudo o que tínhamos eram os nossos gibis e os filmes da sessão da tarde para nos divertir. Emoção mesmo era esperar a nova edição do Fantasma, sentado na calçada durante uma tarde quente chupando um delicioso picolé de groselha com os amigos.








Emoção era juntar a galera para ir ao cinema assistir o lançamento do ano, Os Goonies. “Sloth quer chocolate! Sloth adora chocolate!” Era roubar gibis na loja do falecido senhor Setímio, um italiano velho e desdentado que tinha uma pequena banca na rodoviária da cidade, e depois troca-los por gibis também roubados pelos seus companheiros de crime. A vida era boa naquela época, mainha fazia guloseimas no fim da tarde, painho se embriagava em um buteco qualquer na cidade e batia na gente quando chegava alterado, nos chicoteava com um fio de ferro e ia dormir tranquilamente depois de comer algumas pururucas que ele sempre trazia num saquinho de papel engordurado. Por ironia do destino ou não, painho morreu depois de bater o carro num poste e ser atingido por um fio de alta tensão que se soltou do poste. Fritou meu pai e as pururucas que estavam no banco do passageiro. Mas ainda assim era um bom homem.
Hoje a vida é chata, as pessoas são chatas e fúteis. Ninguém mais lê gibis, nem assiste sessão da tarde. Estamos caminhando vagarosamente para um mundo totalmente imbecilizado, pois as mulheres de hoje só querem saber de caras malhados, funkeiros ou pagodeiros. E com isso vão tendo filhos dessas pessoas que não tem nada na cabeça, e burrice é hereditária. “Einsteins, Freuds, Hawkins, Jobs e Gates” não mais nascerão e darão espaço para mais e mais “Catras, Valescas Popozudas, Mulheres Frutas, Latinos”, enfim, essa renca de desocupados que povoam nossas TV’s hoje em dia. Enquanto isso os poucos nerds que existem vão ficando solitários, trancados em seus quartos, lendo seus gibis e esperando o iminente fim de sua pobre espécie. Tô Chateado hoje...

Nenhum comentário:

Postar um comentário