quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Ridículos mitos sexuais que você provavelmente acredita

A televisão e nossa própria criação nos ensinam diversas coisas completamente erradas sobre sexo. Eu por exemplo achava até o ano passado  que bebês vinham de cegonhas. Era horrível imaginar minha mãe se deitando com uma cegonha. Vamos descobrir agora algumas mentiras que nos foram contadas sobre esse assunto, ainda considerado tabu por muita gente por aí!

Afrodisíacos


Quando você pensa em uma noite de sexo, você começa pensando primeiro em uma mordidinha, na orelha, um beijo no pescoço ou quem sabe um solo de bateria nas nádegas não é?(tá, o solo de bateria é coisa minha) Mas tem algumas pessoas que tomam sucos ou comem alimentos ditos afrodisíacos para começar o ato, pois todo mundo sabe que é muito  difícil se animar para fazer sexo (modo irônico ligado). Mas já foi provado cientificamente que nenhum alimento tem esse tipo de efeito fisiológico, e o pior, o consumo exacerbado de alguns pode te causar problemas sérios de saúde. Mas e aquele lance do chocolate ser afrodisíaco? Na verdade não é, a não ser que você tenha algum fetiche com Willy Wonka.




Idosos e casados fazem menos sexo


Ser solteiro é realmente muito bom, pois você pode sair quando quiser, jogar uma ideia na vítima e partir para uma alucinante noite de sexo. O que imaginamos de pessoas casadas ou idosos? Bem, os casados devem se cansar um do outro e partir raramente para os finalmentes, enquanto os velhos ficam nos seus sofás se parafusando ou limpando as dentaduras um do outro. Mas você tá bem enganado meu amigo, pois uma pesquisa recente nos mostrou que idosos e casados tem uma vida sexual tão ativa quanto os solteiros, ou até mais. A tabela abaixo lhe dará uma melhor ideia sobre o que eu to falando. Uma curiosidade interessante é que casais entre 57 e 75 anos de idade tem se engajado nos últimos anos no sexo oral. Sabe quando sua vó te dá um beijo, ou limpa com cuspe aquele chocolate na sua bochecha? Lembre-se do que ela poderia estar fazendo antes disso. De nada!


Primos terão filhos com anomalias


Desde pequeno minha mãe me dizia para que eu não fizesse nada com minhas priminhas, pois poderia nascer filhos defeituosos. Bem que eu já fiz alguns experimentos, mas nada aconteceu de mais grave (como uma gravidez no caso). Mas será que esse medo procede? Se isso realmente fizesse sentido, você seria um ser feito de anomalias hoje, evolutivamente falando. Pode olhar sua árvore genealógica e vai encontrar diversos parentes que se casaram. A seleção natural diz que quanto menos poluição de genes melhor, isso quer dizer então que o coito entre primos não é tão ruim assim. O próprio Darwin era casado com sua prima de 1º grau. A genética diz que a probabilidade de primos terem filhos defeituosos é de 2 a 3% maior do que os que não são. Essa é a mesma probabilidade de uma mulher de 41 anos ter um filho defeituoso, em comparação com uma jovem. Portanto, pode ficar tranquilo e brincar de médico sossegado com sua priminha. Só não faça com sua tia de 41 anos, pois aí as chances dobram!


O coito interrompido não é confiável


Você já ouviu falar nesse método onde você retira seu guerreiro antes que ele vomite filhos na sua parceira(bem sutil, não?)? Muitos acham que isso não funciona na prática, mas um estudo feito comparando preservativos e o coito interrompido, demonstrou que o método é sim bem eficaz. Enquanto os preservativos tiveram um sucesso de 98% na prevenção de uma gravidez inesperada, o coito interrompido teve 96% de sucesso no quesito. Mas e se eu não fizer direito? E se eu tirar na hora errada. O teste também foi feito com preservativos mal colocados e coitos mal interrompidos e a eficácia do preservativo caiu para 83% e o método do coito interrompido cai para 82%. Viu só? Não é tão ruim assim. Mas em matéria de prevenir doenças, o preservativo é merecidamente o melhor método.



A primeira vez de uma mulher é angustiante



Perder a virgindade é como ganhar na loteria para um homem, é felicidade que não acaba mais. Já as mulheres não pensam como  ganhar na loteria e sim com ser esfaqueada brutalmente  e repetidamente na virilha por um arpão. Bom, não é bem assim. Essa historia de que o hímen tem que ser forçado na primeira vez é besteira. O hímen com o passar dos anos torna-se completamente preparado para a atividade sexual, e em alguns casos ele é rompido antes mesmo de qualquer ato sexual. Assim como um homem que por tanto medo de ejacular precocemente, acaba ejaculando, uma mulher acaba sentindo uma dor grande justamente por ter medo dela. É claro que não estamos entrando em outros problemas, como falta de lubrificação adequada ou um Kid Bengala. Estamos falando apenas de casos normais.


Espero que tenham curtido a matéria! Curtam também nossa página no Facebook! É só clicar AQUI.



Nenhum comentário:

Postar um comentário