segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Vilões de jogos que na verdade são as vítimas

Você já parou para pensar que alguns dos “chefões” dos seus jogos favoritos eram na verdade as vítimas do comportamento megalomaníaco dos heróis do jogo? Veja alguns exemplos!


Rei Dodongo – The Legend of Zelda: Ocarina of time



Esse terrível chefão, nada mais é do que um lagarto que vive no subsolo . Um detalhe importante é que ele não vive em uma cidade subterrânea, e sim em um pequeno pedaço de terra rodeado por magma. E você acha que ele é resistente ao magma? Que nada, tanto que esse é o método que você vai usar para derrotá-lo. Mas ele deve ser muito maligno, pois deve comer criancinhas e virgens desavisadas. Se enganou também, pois a única entrada da caverna impossibilita que o Rei Dodongo saia dela, o que nos mostra que ele deve sobreviver comendo pedras. Então pra que o Link invade a caverna do animal, que vive sozinho no subsolo, rodeado por magma mortal, comendo pedras e sem amolar ninguém? Eu acho que é apenas pra dar uma de machão e para que as pessoas parem de chamá-lo de Zelda. Pobre Rei Dodongo, seu único erro foi existir.





Master Hand  - Super Smash Bros


No Jogo Single player (que ninguém deve jogar, mesmo que não tenha amigos), os personagens começam como brinquedos temáticos da Nintendo, empoeirando no quarto de uma criança nerd qualquer. Então, uma luva mágica aparece e dá vida a todos os bonecos, que por algum motivo começam a lutar entre si. E o chefão, quem é? Sim, aquela luva mágica que te deu a vida! O nome da luva é Master Hand, e você tem que destruí-la, para voltar a ser um velho brinquedo empoeirado. Agora me diz quem é o verdadeiro vilão do jogo? Isso mesmo, é você, que é um ingrato. A bondosa luva te deu a vida cara, e você mata a coitada. É a mesma coisa que enforcar sua mãe com o cordão umbilical após o parto.




Os Sub-Chefes de Super Mario


Você já reparou que o Mario é na verdade um assassino de crianças indefesas? Pois acredite meu amigo, é verdade. Quem já jogou Super Mario 3 e Super Mario World, reparou que os sete castelos do reino são protegidos por filhos do Bowser, ainda crianças. Os pequeninos não fazem mal a ninguém e apenas defendem o que é deles por direito. Mas o Mario é cruel meus amigos, e para salvar a princesa, ele não pensa duas vezes em assassinar as pobres crianças, jogá-las em lava incandescente e ainda por cima destruir seus castelos de maneiras sádicas. O Bowser até que a gente entende, mas suas indefesas crias, que provavelmente só queriam ter o direito de ter um castelo e quem sabe uma mãe, é inaceitável.






Famílias Alienígenas em Super Metroid


Neste jogo você encarna novamente a caçadora de recompensas Samus, e dessa vez você terá que salvar um bebê Metroid das garras dos Piratas Espaciais. O interessante é que o bebê Metroid acha que Samus é sua mãe, e essa relação vai definindo-se melhor durante o game. Mas será que os fins justificam os meios? Um dos primeiros chefões que Samus enfrenta é Kraid, um lagarto gordo com dedos na barriga. Logo após derrotá-lo, uma versão bem maior do Kraid aparece, mostrando que você tinha matado apenas um filhote! Mais tarde você terá que enfrentar Draygon, o chefe crustáceo. Pouco antes da luta aparecem cinco bebês Draygon pela tela, que não são inimigos, pois você não pode matá-los. Depois de matar o grande Draygon, os cinco bebês voltam, para enterrar a própria mãe na sua frente. Triste não? O chefão final se chama Mother Brain (que pelo nome, deixa bem claro que também tem família). Mother Brain faz Samus provar de seu próprio veneno, matando o bebê Metroid. Ou seja, o jogo foi meio que em vão. Mas é Metroid , e Samus sempre é bem vinda!




Curta nossa Página do Facebook! É só clicar AQUI.



Nenhum comentário:

Postar um comentário